7 Maneiras Naturais De Reduzir Os Sintomas Da Menopausa

Mulheres Acima De 45 Anos Precisa Entender Como Funciona Os Sintomas Da Menopausa.

7 Maneiras Naturais De Reduzir Os Sintomas Da Menopausa

A menopausa começa no final dos anos 40 ou início dos 55 para a maioria das mulheres, mas vai depender de mulher para mulher a menopausa vem um pouco mais cedo pra uma, já para outras a menopausa só vai se manifestar depois dos 50 anos.

Geralmente durante esse período, de 40 a 55 anos pelo menos dois terços das mulheres apresentam sintomas da menopausa isto pé uma realidade. Isso inclui ondas de calor, suores noturnos, alterações de humor, irritabilidade e cansaço.

Além disso, as mulheres na menopausa correm um risco maior de várias doenças, incluindo osteoporose, obesidade, doenças cardíacas e diabetes. Muitas mulheres recorrem a suplementos e remédios naturais para alívio da menopausa.

Aqui está uma lista de 7 maneiras naturais de reduzir os sintomas da menopausa.

 

1) Coma alimentos ricos em cálcio e vitamina D.

 

7 Maneiras Naturais De Reduzir Os Sintomas Da Menopausa

Alterações hormonais durante a menopausa podem causar enfraquecimento dos ossos, aumentando o risco de osteoporose.

O cálcio e a vitamina D estão ligados à boa saúde óssea, por isso é importante obter o suficiente desses nutrientes em sua dieta.

A ingestão adequada de vitamina D (uma maneira eficiente é pegar sol pelo menos 30 minutos diário) em mulheres na pós-menopausa também está associada a um menor risco de fraturas de quadril devido a ossos fracos. Muitos alimentos são ricos em cálcio, incluindo laticínios como iogurte, leite e queijo.

Vegetais de folhas verdes, como couve, couve e espinafre também têm muito cálcio. Também é abundante em tofu, feijão, sardinha e outros alimentos.

Além disso, alimentos enriquecidos com cálcio também são boas fontes, incluindo certos cereais, suco de frutas ou alternativas de leite.

 

2) O Sol É Principal Fonte De Vitamina D!

7 Maneiras Naturais De Reduzir Os Sintomas Da Menopausa

A luz sol é sua principal fonte de vitamina D, pois sua pele a produz a vitamina D quando é exposta ao sol.

No entanto, à medida que envelhecemos, a nossa pele fica menos eficiente e as vezes melhorar maneira é tomarmos alguns suplementos alimentares naturais para voltar ter uma pele renovada, muitos médicos vão dizer que é melhor remédios alopatas, mas como sabemos tem lá seus efeitos colaterais.

Consulte por exemplos Endocrinologistas, Nutrólogos com certeza vão eles recomendar algum tipo de tratamento à base de suplementos.

Se você não está muito exposto ao sol ou cobre a pele, tomar um suplemento ou aumentar as fontes alimentares de vitamina D pode ser importante.

Fontes alimentares ricas incluem peixes oleosos, ovos, óleo de fígado de bacalhau e alimentos enriquecidos com vitamina D. Uma dieta rica em cálcio e vitamina D é importante para evitar a perda óssea que pode ocorrer durante a menopausa.

 

3) Alcançar E Manter Um Peso Saudável

É muito comum ganhar peso durante a menopausa e como fazer para não deixar acontecer, existem várias maneiras de não deixar acontecer, vamos tentar entender daqui para frente.

Isto pode ser devido a uma combinação de alterações hormonais, envelhecimento, estilo de vida e genética.

Ganhar excesso de gordura corporal, especialmente na cintura, aumenta o risco de desenvolver doenças como doenças cardíacas e diabetes. Além disso, seu peso corporal pode afetar os sintomas da menopausa.

alcançar e manter um peso saudável pode ajudar a aliviar os sintomas da menopausa e a prevenir doenças com certeza.

 

4) Coma Muitas Frutas E Legumes

 

Uma dieta rica em frutas e legumes pode ajudar a prevenir vários sintomas da menopausa.

Frutas e vegetais são baixos em calorias e podem ajudá-lo a se sentir cheio, por isso são ótimos para perda de peso e manutenção de peso.

Eles também podem ajudar a prevenir várias doenças, incluindo doenças cardíacas.

Isso é importante, pois o risco de doença cardíaca tende a aumentar após a menopausa. Isso pode ser devido a fatores como idade, ganho de peso ou possivelmente níveis reduzidos de estrogênio.

Finalmente, frutas e vegetais também podem ajudar a prevenir a perda óssea.

 

5) Como Evitar Certos Tipos De Alimentos

Certos alimentos podem desencadear ondas de calor, suores noturnos e mudanças de humor.

Eles podem ter ainda mais chances de desencadear você quando você os comer à noite. Como sabemos os gatilhos comuns incluem cafeína, álcool e alimentos açucarados ou picantes.

 

6) Exercite-Se Regularmente Para Aumentar A Sua Cardio Respiração

Atualmente, não há evidências suficientes para confirmar se o exercício é eficaz para o tratamento de ondas de calor e suores noturnos. No entanto, existem evidências para apoiar outros benefícios do exercício físico regular. Isso inclui energia e metabolismo aprimorados, articulações e ossos saudáveis, diminuição do estresse e melhor.

Por exemplo, um estudo descobriu que o exercício de três horas por semana durante um ano melhorou a saúde física e mental e a qualidade de vida geral em um grupo de mulheres na menopausa.

 

7) Coma Sempre Mais Alimentos Ricos Em Fito Estrogênios.

7 Maneiras Naturais De Reduzir Os Sintomas Da Menopausa

Fito estrogênios são compostos vegetais naturais que podem imitar os efeitos do estrogênio no organismo. São muito importantes, e podem ajudar a equilibrar os hormônios.

Pensa-se que a alta ingestão de fito estrogênios em países asiáticos como o Japão seja a razão pela qual as mulheres na menopausa nesses locais raramente experimentam ondas de calor.

Os alimentos ricos em fito estrogênios incluem soja e produtos de soja, tofu, linhaça, sementes de gergelim e feijão. No entanto, o conteúdo de fito estrogênio nos alimentos varia dependendo dos métodos de processamento.

Um estudo descobriu que dietas ricas em soja estavam associadas a níveis reduzidos de colesterol, pressão arterial e severidade reduzida de ondas de calor e suores noturnos entre mulheres que estavam começando a entrar na menopausa.

As evidências sugerem que fontes alimentares reais de fito estrogênios são melhores que suplementos ou alimentos processados ​​com adição de proteína de soja.